domingo, 15 de julho de 2012

Comportamento antissocial






Pessoas com comportamento antissocial estão na nossa sociedade como pessoas de bem, quando, na realidade, são uma ameaça para todos. Estar próximo de um antissocial é como alimentar um animal selvagem: não se sabe o que ele fará quando estiver com fome.

Ter uma relação saudável com quem não tem a capacidade de compreender e entender outra pessoa se colocando nas mesmas circunstancias, maltrata o outro e é irresponsável não deixa de ser um erro ou uma forma de autodestruição.

O individuo anti-social estuda os comportamentos e entende que a busca por conciliação como sintomas de fraqueza, o que potencializa seu papel algoz. A pessoa anti-social fica ainda mais violento e maléfico quanto maior for a dedicação do seu companheiro.

O antissocial não ama, não sente, apenas usa as pessoas e usar uma pessoa não é amá-la. Não existe vinculo, só se aproveita e explora. A linha de raciocínio dessa pessoa é “não sinto o que você sente e não fico alegre com sua alegria” ou “ninguém mandou ser fraco” ou “não sou obrigado a fazer nada por você”. No coração não tem espaço para remorso ou culpa.

É importante lembrar que geralmente essas “pessoas” têm um intelectual alto e ainda que sejam impulsivas, também são manipuladoras e faz de forma premeditada.

Os que são casados com antissociais geralmente perdem sua forca vital e se tornam conformistas ao EXTREMO e de comportamento resignados é uma conseqüência. São muitos frustrados porque, estão buscando um comportamento saudável e razoável de uma pessoa que não deseja o mesmo é como domesticar um troglodita.

Se o gosto parece amargo é melhor não experimentar mas a escolha é sua, deseja experimentar?

← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 comentários:

Postar um comentário

..