quinta-feira, 18 de julho de 2013

Foco, força e fé



O grande filósofo Aristóteles ensinou que corpos pesados caiam mais rápido do que corpos leves.

Por ser um grande pensador de todos os tempos muitos acreditaram no ensinamento do sábio e centenas de anos depois que o Galileu reuniu mestres e grandes pessoas na torre de Pisa e lá de cima arremessou dois objetos ao mesmo tempo sendo um deles dez vezes mais pesado que o outro. Para o “assombro” de todos os dois corpos chegaram juntos no chão, mas a forca da crença que aqueles estudiosos tinham em relação à sabedoria já adquirida era tão grande que se negaram a veracidade do experimento e mesmo vendo o correto afirmavam que Aristóteles estava certo.

Ou seja, a força de suas convicções no que haviam aprendido era tão forte que não conseguiam reconhecer que estavam crendo no que era errado.

Amados, nossas crenças são o fator que tem maior potencial tanto para nos beneficiar como para nos prejudicar.

Muitos homens aprendem de forma errada e por isso desenvolvem falsas crenças.

Mas existem momentos que mudar é fundamental e precisamos ter foco para mudar.

Recusar-se a mudar pode causar desastres.

Se estivermos caminhando em outra direção que não seja a Jesus Cristo. Devemos mudar.

Crer que Deus é o autor de nossas obras traz o “fardo” de saber que Ele as completará. Toda obra de autoria divina é concluída. Tudo aquilo que Deus promete, ele cumpre. Ele cuidará de tudo aquilo que lhe confiarmos.

Hoje se cultua estatuas, Anjos, Curandeiros e outras aberrações. É sabido por todos que isso aconteceria, pois até isso esta na Bíblia.

“Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem”! Mateus 18:7

Devemos ter foco que só O SENHOR é digno de toda adoração.

Amados na pratica ser ateu não significa erguer o punho e gritar: “Deus não existe!”, mas viver como se ele não existisse.

A sua verdade revelada nos apresenta como devemos viver e segundo a vontade dEle, se não estamos seguindo a sua vontade estamos vivendo obviamente como se ele não existisse.
Devemos andar da maneira que não exista condenação, ou seja, em Cristo Jesus.

“Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito”.
Romanos 8:1

A força da como essa é a convicção de que:

“... nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor”.


Que tenhamos o foco, a força e a fé de Daniel, que não dobrou os joelhos para adorar a ídolos e pode enfrentar leões com a serenidade e com firmeza de quem confia e crê em um Deus fiel.

Em Cristo,
Raphael Soares
@sraphaelsoares
fb.com/sraphaelsoares
http://www.raphaelsoares.com.br
← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 comentários:

Postar um comentário

..