sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Tempo de colheita



Em nossa caminhada da vida, seja em Cristo ou não, estamos semeando. Nós plantamos sem parar, mesmo de forma incondicional e involuntária, estamos sempre semeando. O que colhemos hoje são consequências das plantações de ontem!

Diante dessa semeadura incondicional, podemos fazer as seguintes perguntas: O que devemos semear?  Como devemos semear? E em nossos relacionamentos, seja com Deus, com o próximo ou com nós mesmos, o que podemos semear e o que semear?

Para entender melhor ainda a questão de semeadura e colheita devemos entender quem é nosso Senhor, se servimos a Deus para poder semear de acordo com o que Ele deseja e também entender o conceito de mordomia.

Mordomia vem do latim “Major Domus”.  Major = Principal e Domus = casa.

Assim entendemos que DEUS é o Senhor de absolutamente tudo e para uma boa colheita devemos aprender com o DONO o que semear e como semear. Vamos as sementes!

Nosso tempo.
“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios”.
Salmos 90:12

Amados, nosso Senhor nos ensina e deseja que saibamos como semear no tempo, tempo de qualidade, tempo de caminhada, relacionamento com Ele e tempo para que consigamos alcançar corações sábios e crendo que tem tempo para todas as coisas.

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”.
Eclesiastes 3:1


Nossos pensamentos.

Não tenha dúvidas, o que pensamos HOJE, nossa opinião, nosso conceito de certo e errado é uma colheita do que foi semeado em nossos pensamentos no passado. O que você anda pensando? Qual é o tipo de semente que anda brotando em seus pensamentos?
O Senhor, que é o SENHOR de TUDO e sabe exatamente o que precisamos nos ensina a semear/pensar nas coisas do céu!

“Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra”;
Colossenses 3:2

A carta de Paulo aos Filipenses nos ensina muito em não estar inquieto. Que as nossas dificuldades sejam conhecidas por Deus através das nossas orações – considere isto também uma semeadura - diante de Deus.

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças”.
Filipenses 4:6


E também semear em nossos pensamentos coisas boas e descartar as ruins.

“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai”.
Filipenses 4:8


Com nossos corpos.

Acredite, seu corpo é tempo do Espirito Santo. Cuide de seu corpo!


“Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”.
Romanos 12:1

Seja RACIONAL, apresente seu corpo, faça uma boa semeadura nele para que possa apresentar, como um culto racional.


“Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”.
1 Coríntios 6:20


Só que, quando se trata de corpo, infelizmente a semeadura é pobre, se investe pouco - ridiculamente pouco – isto é, quando em alguns casos, não existe investimento nenhum na semeadura do seu corpo.

A questão é, o que você anda semeando? Se não come ou vive de forma saudável, vai colher doenças, problemas de saúde, qualidade de vida baixa, e o seu templo do Espírito Santo não vai ser saudável.

Vamos nos preparar para a grande colheita!

Em Cristo,

Raphael Soares

@sraphaelsoares
fb.com/sraphaelsoares
http://www.raphaelsoares.com.br
← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 comentários:

Postar um comentário

..