sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Ano novo, vida nova




Neste início de ano, geralmente muitos fazem planos, alguns planos que foram sonhados no início do ano passado e que fatalmente serão o motivo de reflexão e tristeza no início do próximo ano.
Então que tal começar o próximo ano nascendo novamente?
Mas como faria isso? Imagino que se perguntou, já que sou “nova criatura”. Então te pergunto, será mesmo?
De todos os personagens da bíblia, vamos nos comparar ao que mais admiro: Jesus Cristo.
Ele nos ensina a fazer o que Ele fez.


“Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.”
João 13:15

Jesus Cristo deixa o exemplo a ser seguindo para os da época em que os seguiam pudessem observar na pratica e para nós que o servimos, Ele deixou o seu Espirito Santo para nos consolar e suas escrituras sagradas para que nós possamos copiar o “como fazer”.
Seu batismo:
“Mas João opunha-se-lhe, dizendo: Eu careço de ser batizado por ti, e vens tu a mim?”
Mateus 3:14

João Batista, estando certo que era Jesus e que era incongruente ele batizar o próprio Jesus se surpreendeu com o pedido.
A questão não é o batismo, mas um renovo, uma busca constante até a glória de Deus. O que Jesus fez foi um ato de humildade e devemos buscar  fazer como Ele fez.
Alguns pontos que podemos considerar em buscar o renovo:
A Mansidão de Cristo
Irmãos, neste mundo moderno e acelerado podemos considerar a mansidão uma das prioridades em nossa vida.
Seja no transito, no dia-dia, nas relações familiares. Jesus já sabia disso e para que possamos encontrar PAZ que somente Ele pode dar, temos que buscar a mansidão.
Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.

Mateus 11:29

E sem dúvidas, a humildade em Cristo, seguindo o que Ele fez, sendo humilde como Ele foi, encontraremos paz em nossas almas.
Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.

Mateus 11:30

Se o fardo estiver pesado irmão, pode estar certo que não é o jugo de Jesus que está pesando.
Pode ser da religiosidade, já que criam estereótipos, doutrinas e até promessas que não existe em lugar nenhum da Bíblia.

Pode ser do homem que acusa, culpa e condena, tanto o próximo como a si próprio. Se liberte disso, se tem alguém próximo que tem isso por habito, não se contamine.

E para concluir irmãos, que sejamos humildes com o próximo, com nós mesmos anunciando o seu evangelho, puro, simples, humilde que nos dá Paz de espírito.

Desejando um 2015 de descanso para vossas almas,

Raphael Soares


← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 comentários:

Postar um comentário

..