sábado, 21 de fevereiro de 2015

A superexposição das redes sociais






Nessa caminhada com Cristo e neste mundo moderno e totalmente conectado podemos nos deparar com situações em que podemos nos questionar até que ponto estamos chegando com as redes sociais e a superexposição.

“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.”
1 Coríntios 10:31

Amados, a carta de Paulo a igreja de Corinto diz que devemos, seja comer, beber ou qualquer coisa, seja para gloria de Deus. Será que:

Postar onde está para ostentar é para a gloria de Deus

Será que postar o restaurante famoso e por consequência caro é para a glória de Deus?

Será que postar lugares onde pode ir visitar também é para glorificar a Deus?

É evidente que se podemos então devemos ir para restaurantes, lugares bons e gozar de tudo que Deus nos dá mas a grande questão é a motivação, qual é a nossa motivação?

Até para os evangelistas, pastores que são itinerantes, postar multidões prostrado aos pés da plataforma será para a glória de Deus ou para apresentar que a sua pregação tocou no emocional de quem recebeu?

“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.” 1 Coríntios 10:23

Será mesmo que a motivação não é ostentar, se exibir, se auto promover e até para causar a inveja de quem nos segue?

E se for para causar inveja ou despertar o interesse de outros, qual problemas podem nos causar?

Quem nunca:

- Viu de tempo em tempo quantas curtidas recebeu na foto recém postada na rede social?

- Viu quais pessoas curtiram a tal foto ou postagem

- Precisa demasiadamente responder de forma imediata (não importa o que esteja fazendo) a algum comentário postado decorrente da sua própria foto?

- Se desligou do meio social onde esteja (seja trabalho, praia, roda de amigos e até igreja) para dar uma “olhadinha” na sua timeline para ficar atualizado.

A grande pergunta é: Achamos isso saudável, normal e aceitável como um padrão?

Agora podemos realmente considerar essa prática algo saudável?  O “fazei tudo para glória de Deus” está sendo aplicado de fato na sua vida?

Como se livrar ou controlar essa praga que notoriamente atrapalha nossa qualidade de vida, nosso rendimento profissional e também nossa busca pelo Senhor, já quem hoje até quem tem como pratica a leitura diária da palavra para tudo para pegar uma referência de efeito para “postar” pensando que o tal método evangelístico sobrepõe seu testemunho de vida?

Podemos considerar uma pratica saudável a exposição de redes sociais quando o mesmo não é prioridade em sua vida, é evidente que uma pratica saudável em grupos de amigos.

Definir o nível de prioridade e tornar prioridade o meio onde está, seja com amigos, irmãos, parentes, mesa de jantar o culto ao Senhor e tornar seus meios de comunicação virtual como secundário também é uma forma saudável e até respeitosa de quem está a sua volta.

Mesmo tendo muito desejo e vontade de acordar e de imediato ver suas redes sociais se controlar, tirar o seu tempo de oração e devocional (caso tenha), tomar seu banho, se arrumar e seu café da manhã como prioridade também é uma excelente forma de se manter conectado mas com eficiência e não dependência. 

E lembre-se:

“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.”
1 Coríntios 6:12

Está incluído em suas redes sociais.

Em Cristo,

Raphael Soares
@sraphaelsoares
www.raphaelsoares.com.br
 
← ANTERIOR PROXIMA → INICIO

0 comentários:

Postar um comentário

..